Quer saber como usar o cartão caixa tem para pagar suas contas? Então confira esse artigo!

Ainda são muitas as dúvidas dos usuários do Auxílio emergencial sobre o funcionamento do Caixa tem, o aplicativo da caixa responsável pelos pagamentos.

O fato é que quem recebe o auxílio emergencial de R$ 600, ou R$1200 (no caso de mães solo), oferecido pelo Governo Federal para socorrer a população mais carente e, portanto, a mais afetada pela crise do novo coronavírus (covid-19), não tem muita intimidade com a tecnologia, o que acabou dificultando o que seria para facilitar. 

Imagem da logo do CaixaTem em um vetor de celular

Muitos não sabem sequer que de suas casas é possível comprar online, e fazer pagamentos, por meio do cartão de débito virtual do aplicativo Caixa Tem.

Ou seja, o beneficiário não precisa sacar o valor ou ter um cartão físico em mãos para realizar compras ou pagar contas, dessa forma, evitando o perigo de contágio da superlotação nas agências da Caixa Econômica Federal. 

Assim, por meio do cartão virtual, o usuário pode comprar em mercados, farmácias, abastecer o carro, pagar boletos e, até mesmo, comprar gás com cartão Caixa Tem.

E como a pandemia não tem data para acabar e o distanciamento social, mesmo menos endurecido, ainda persiste, a tendência é que, em breve, todos os estabelecimentos comerciais aceitam pagamentos através do aplicativo Caixa tem.

A Celpe, em Pernambuco, foi a primeira companhia de energia elétrica a aceitar pagamentos através do aplicativo, agora a maioria delas já permite essa forma de pagamento, além de estabelecimentos como farmácias, lojas de conveniência, hipermercados, postos de combustível e até fornecedoras de gás de cozinha.

Até no comércio eletrônico, as maiores marcas, aceitam o recurso, sendo possível usar o cartão de débito digital Caixa Tem nos sites Magazine Luiza, Extra.com.br, Lojas Americanas, Submarino, Shoptime, entre outros.

Como funciona o cartão de débito digital

Homem segurando o celular com o aplicativo do Caixa Tem aberto

O uso do cartão de débito digital é bem simples, principalmente para quem já tem intimidade com tecnologia. 

Após habilitado o cartão de débito, no próprio aplicativo CAIXA TEM, disponível gratuitamente na Play Store (Android) e App Store (iOS), basta acessar o aplicativo, informando o CPF e criando uma senha (6 dígitos), então, é só clicar em ‘Cartão de Débito Virtual’ e seguir as instruções na tela.

A cada compra, o aplicativo sempre irá mostrar um código de segurança de três dígitos, diferente a cada uso. 

Vale saber que, no entanto, só é possível fazer 10 transações por dia.

Como pagar fatura com o Caixa tem

Uma dúvida que vem sendo muito comum, é como pagar fatura de energia recente ou de meses anteriores.

Não tem mistério, para pagar, basta acessar o site da Companhia Energética da sua região e clicar em “Pagamento com Cartão”.

Então, é só clicar em “Pagamento com Cartão Virtual Caixa tem” para ser redirecionado para um cadastro com login e senha. Depois, é só selecionar as faturas em aberto e informar o número do cartão virtual emitido pela Caixa e selecionar a opção “débito” para realizar o pagamento. Ao final da transação, será emitido um comprovante de pagamento.

Mas, se o usuário tiver dúvida, não conseguir realizar o processo, então, a dica é só entrar em contato com a Companhia, pelos canais digitais da empresa e teleatendimento. E os que tiverem dúvidas sobre o funcionamento do cartão virtual, a dica é acessar o site da Caixa.

Movimentar auxílio no Caixa tem

Se em um primeiro momento, quem tinha conta na Caixa receberia por lá seu auxílio, agora o que ficou decidido é que mesmo os correntistas só receberiam através do aplicativo Caixa Tem.

Assim, correntistas ou não, para acessar o benefício, é preciso baixar o aplicativo Caixa Tem no celular, onde receberá automaticamente e, do próprio aplicativo poderá fazer os pagamentos, embora as transferências só sejam possíveis após um determinado período, estabelecido pelo governo.

Quem já está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico) e não têm conta na Caixa nem no Banco do Brasil, a abertura da poupança foi realizada automaticamente. 

Os informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) cadastrados no site ou aplicativo do Auxílio Emergencial, por outro lado, tiveram que solicitar a abertura da poupança ao fazer o cadastro. 

Segundo a própria Caixa, a Poupança Social Digital, o Caixa Tem, é um tipo de poupança simplificada, aberta para beneficiários de programas governamentais. 

Ainda está com dúvidas?

Embora quem tinha direito ou precisou já se cadastrou, infelizmente, muitas pessoas ainda encontram dificuldade em movimentar ou entender o funcionamento do aplicativo. Por isso, foram disponibilizados alguns canais para que os beneficiários possam tirar suas dúvidas, como a central telefônica exclusiva 111, da Caixa, por exemplo. Mas, vale anotar os muitos canais disponibilizados, até em redes sociais, o que é ótimo para trocar ideias e informações com outros usuários com as mesmas dúvidas. Confira: 

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa